Cabelos elásticos: Causas e tratamentos

Você já ouviu falar em cabelos elásticos? O cabelo elástico é aquele no qual os fios começam a ficar com efeito “emborrachado”. Sabe quando você puxa um fio do cabelo e ele estica? Então, esse é o efeito dos cabelos elásticos.

O que pode deixar os cabelos elásticos?

A coloração pode ser uma das causas de um cabelo elástico, mas não é a única. Afinal, outras químicas também interferem bastante na textura dos fios. Colorações muito claras podem causar a elasticidade nos fios. Como por exemplo, o platinado e tonalidades claríssimas. É fundamental que, antes de fazer qualquer química, você verifique se os cabelos terão resistência para continuar saudáveis após o processo. É fundamental que, antes de fazer qualquer química, você verifique se os cabelos terão resistência para continuar saudáveis após o processo. E o jeito mais seguro de fazer isso é com o teste de mechas. É de extrema importância realizar o procedimento com um profissional que de fato saiba o que está fazendo.

Outro motivo que pode causar o emborrachamento do cabelo é a incompatibilidade de produtos que já estejam nos fios com o pó descolorante ou o oxidante. Faça uma “pesquisa” detalhada dos fios do cliente e procure saber todos os procedimentos anteriores pelos quais aquele cabelo já passou. UMA DICA: Você pode preparar um termo de responsabilidade, onde seu cliente responderá perguntas e assinará estando ciente de que respondeu as perguntas corretamente, sem omitir. É muito importante saber se o procedimento poderá ser feito de acordo com o histórico do cabelo.

Preste atenção em cabelos com alisamentos e relaxamentos, mesmo que o cliente diga que fez apenas um botox ou selagem, saiba que podem ter sido utilizados produtos incompatíveis com a descoloração e você deve se assegurar de que não foram.

Siga sempre as recomendações sugeridas pelo fabricante, use produtos da mesma marca ao fazer uma mistura e não escolha o material que irá utilizar pensando apenas no lucro, lembre-se que é de extrema importância a satisfação de seu cliente. Confiando em seu trabalho você irá garantir o seu retorno e ótimas recomendações.

elasticos - Cabelos elásticos: Causas e tratamentos

Como tratar os fios emborrachados?

Primeiramente, tratar um cabelo elástico exige paciência. Mas fazendo tudo direitinho você terá ótimos resultados na recuperação de seus fios.

Nada de química! Seu cabelo precisa respirar, e você deverá cortar a progressiva por um tempo, pois ela não hidrata, apenas maquia os fios. E isso não ajuda, e sim piora! Porém, nem tudo está perdido, você pode apostar nas progressivas caseiras que não agridem pois não contém química. Em breve, estarei trazendo essa dica.

Cortar as pontinhas também é uma boa opção, isso pode gerar uma aparência mais saudável pros fios.

Você pode também começar fazendo reconstruções a cada 10 a 15 dias. A reconstrução serve para repor a massa e queratina dos fios, deixando-os mais fortes, cessando a quebra.

Evite aquecer o fio usando secadores e chapinhas. Eu sei que é quase impossível porque esses nossos amigos são capazes de melhorar a aparência de nossos fios, mas sempre que puder evite-os.

Faça duas ou mais hidratações por semana e você pode também fazer umectação uma vez por semana com óleos naturais. Aqui você confere algumas dicas de umectações caseiras com óleos naturais, simplesmente maravilhosas.

Receita de vinagre de maçã

Depois de lavar os cabelos normalmente, misture no condicionador (a quantidade necessária para o comprimento dos fios) uma colher de vinagre de maçã. A quantidade de vinagre deve ser menor do que a de condicionador. Massageie nos cabelos, deixe agir por 3 minutos e enxágue. O vinagre de maçã possui essa acidez necessária para fechar essas cutículas e manter o cabelo mais brilhoso, macio e com menos volume. Ele também é ótimo para equilibrar o pH dos fios.

Após o uso do vinagre em seus fios, pode ocorrer deles ficarem ressecados. Você poderá em seguida fazer uma hidratação, seja ela caseira ou com algum produto de sua preferência!

Dica de hidratação caseira

Gelatina incolor é uma ótima opção devido a grande concentração de colágeno. Vai ajudar a recuperar a elasticidade natural dos fios, ela também contém proteínas e aminoácidos importantes para o fortalecimento. Então, se joga!

1° passo: Dissolva um sachê incolor em 150ml de água.

2° passo: Misture a gelatina dissolvida com a quantidade certa para seus cabelos com a máscara de sua preferência.

3° passo: Aplique nos fios lavados, deixando agir por 10 a 15 minutos e depois enxaguando completamente.

Mel também é uma boa opção!

1° passo: Lave os cabelos com um shampoo de sua preferência.

2° passo: Em um recipiente, aplique a quantidade de mel de acordo com suficiente para seu cabelo. Coloque poucas gotinhas de limão neste recipiente, pois o mel contém uma quantidade muito alta de pH o limão por ser ácido vai equilibrar. Misture os dois dentro desse recipiente.

3° passo: Aplique nos fios mecha a mecha.

4° passo: Deixe agir por 15 minutos. Depois se preferir, você pode realizar uma hidratação com o seu creme de uso diário.

5° passo: Finalize enxaguando os fios, penteie os fios com cuidado para não danificar ainda mais. Você pode fazer uso de um pente largo.

Extra: receita de umectação com azeite extra virgem

Existe um motivo para o extra virgem ser o mais indicado. Ele representa a forma mais pura do azeite, porque a sua extração mantém todos os ingredientes intactos.

Vamos ao passo a passo?

1° passo: Separe os seus cabelos em mechas, isso facilitará a aplicação pois garantirá que atinja todos os fios.

2° passo: Passe um pouco de azeite nas mãos e vá enluvando os fios.

3° passo: Prenda-os em um coque e permaneça durante no mínimo 4 horas. Você também pode dormir e lavar no dia seguinte. O resultado é ótimo!

4° passo: Lave os fios com um shampoo de seu uso de rotina e certifique-se de retirar todo o azeite.

rec - Cabelos elásticos: Causas e tratamentos

Essas dicas garantirão resultados ótimos em seus cabelos, não é muito simples recuperar fios elásticos mas seguindo todas essas dicas você consegue! Espero que tenham gostado, até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *